domingo, 13 de março de 2011

Acer Iconia: duas touchscreens de 14″ cada


No início deste ano, a Toshiba lançou um “netbook” com duas telas de 7″ sensíveis multi-touch. O netbook contava com processador Intel Pentium U5400 de 1,2 GHz, 2 GB de memória e SSD de 62 GB, além de suporte à Wi-Fi nos padrões b/g/n, Bluetooth, webcam de 1,0 MP (com alta-definição e reconhecimento de face graças à uma tecnologia da Toshiba), entradas USB e microSD.
O aparelho ainda vinha com o Windows 7 Home Premium e as telas possuíam acelerômetro 3D, tudo isso em apenas 700 gramas. O netbook-tablet foi lançado pelo preço de US$ 1.300. Jogavam contra, além do preço, a bateria, com autonomia de apenas 2h de uso contínuo — comparada à outros tablets, como iPad, é pouco tempo.
Pelo vídeo eu fiquei bastante preocupado. Enquanto esse texto demorou cerca de trinta minutos para ficar pronto (utilizando os dez dedos da minha mão…), quanto tempo ele demoraria para ficar pronto como exibido no tablet, em que a mulher digita letra por letra, “catando milho”? Provavelmente, muito mais. OLibretto foi descontinuado pela Toshiba.
Mas, vamos ao que interessante: o Acer Iconia. O notebook-tablet tem duas telas de 14″ sensíveis a toque, também multi-touch (até dez pontos simultâneos). As especificações dele surpreendem bastante: Windows 7 Home Premium, Intel Core i5-480M / 560M ou 580M, até 4 GB de memória DDR3, placa de vídeo integrada Intel com 128 MB (suporte a vídeos em alta definição), saída VGA / HDMI e microfone. O espaço não se assemelha em nada aos 62 GB do SSD da Toshiba; o espaço interno mínimo é de 320 GB, chegando a até 750GB, via disco rígido, claro. A câmera é a Acer CristalEye com resolução de 1280 por 1024 pixels, WiFi b/g/n, Bluetooth 3.0+HS, suporte a 3G, porta gigabit Ethernet, duas portas USB 2.0 e uma USB 3.0, e uma bateria de quatro células.
Partindo da idéia do Libretto, o Iconia é uma versão “gente grande”. E a tela inferior, além de funcionar como teclado virtual, também funciona como complemento para a primeira tela. Inclusive, existe um movimento com os cinco dedos, que permite a visualização de um menu, com atalhos. Achei essa idéia do Iconia bem melhor, aplicada em um laptop de 14″, do que em um “netbook” com 7″.
Só espero, que o Iconia suporte multi-toque no teclado, facilitado em muito a criação de artigos. Afinal, escrever um texto, letra por letra, deve ser bastanta chato, demorado e irritante…
O preço e a disponibilidade ainda não foram divulgados, esses são detalhes que, espera-se, serão revelados na CES 2011, em janeiro. Mas, se um “netbook” custava US$ 1.300, qual seria o preço de um notebook com essas especificações?
Fonte: Engadget.

Nenhum comentário:

Postar um comentário